17 maio 2010

 

Vem a pé que chegas cá primeiro

Para a próxima já sei. Peço a um peregrino qualquer o favor de me trazer uma carta, pois mesmo que venha de joelhos, chega cá primeiro.

Recentemente enviaram-me uma carta registada e o que era suposto ser de um dia para o outro, demorou 6 dias.
Claro que reclamei e disseram-me que seria contactado telefonicamente.
Assim foi, no dia seguinte recebi um telefonema que se resumiu ao seguinte.
- Muito bom dia, fala dos CTT devido a uma reclamação sobre um atraso na entrega de uma carta registada. Já recebeu a carta?
- Sim recebi ontem ao final do dia, depois de já ter reclamado.
- Então se já recebeu, muito obrigado pelo seu tempo e a continuação de um bom dia!

? ? ? ? ? ? ? ?
Fiquei perplexo.
Mas andam todos parvos ou sou eu que ando em contra-mão?


Claro que reclamei de imediato e perante tal forma de tratamento exigi que me devolvessem o montante pago, uma vez que o serviço não foi prestado como devia.
Mas estava enganado (leia-se, enganaram-me)
Agora fiquei a saber que pago um serviço sem garantia de entrega no dia seguinte.
O dito correio azul pode ser entregue até ao final do 3º dia ÚTIL seguinte e por esse motivo não se pode reclamar de algo que ainda está dentro do prazo.

Desde que criaram o correio azul (que faz o que é suposto) em detrimento do correio normal (ao qual pode acontecer sabe-se lá o quê) nunca mais olhei para os CTT com bons olhos.

Pelo andar da carruagem e se os CTT vendessem pão, qualquer dia estamos a comprar pão e em vez de ser fresco, vem já com 6 dias… e se não gostas, molha na sopa.

E eles é que dizem phone-ix
Comments:
ena o caralho do cavalo
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?