07 julho 2008

 

A decadência da nossa sociedade

Publicado em 1ª mão no Blogue: Sempre a Produzir



Se me perguntarem qual é o principal problema da sociedade portuguesa, responderei sem hesitar: a justiça (ou melhor, a sua ausência).

Não tenho a mais pequena dúvida ao afirmar que tudo o resto seria forçado a entrar nos eixos, desde que houvesse justiça e esta funcionasse de forma célere.

Lembro-me de quando era criança e brincava na rua, sempre que os decibéis subiam, lá vinha uma vizinha dizer:
- Olhem que eu chamo a polícia.

E eu, independentemente do respeito que poderia ter (ou não) à vizinha, tinha respeito à polícia.

Claro está que se pensasse um pouco saberia que a polícia não me batia nem me levava preso, mas o respeito pela autoridade, directa ou indirectamente, ajudou a moldar o meu sentido social e a tornar-me num individuo e não numa besta.

Sim, todos nós temos uma besta cá dentro e há para aí muito 'boa gente', que ao longe (e mesmo ao perto) deixa a besta transparecer e faz-nos viver o nosso dia-a-dia como se estivéssemos numa largada de touros permanente.

Quer seja no campo social, económico, desportivo, religioso, político, lá temos nós que evitar ser colhidos.

Tão depressa acho que a sociedade evoluiu, como dou por mim a verificar, caso a caso, que em nada evoluímos chegando mesmo ao caos de termos retrocedido em alguns pormenores.

Não sei se já viram a série televisiva Roma.

O que me fascina nessa série são as semelhanças entre a sociedade romana de há 2.000 anos e a nossa sociedade de hoje.

Podemos, nessa série, constatar que os jogos sujos da política e as organizações mafiosas, funcionam da mesma maneira que nos nossos dias, mas com apenas algumas diferenças:

- Hoje a moda e os trajes são outros;
- Apesar de haver injustiças como hoje, a justiça era mais célere;
- Naquela época não havia frigoríficos nem internet.

Cada vez estou mais convencido que a justiça é cega por opção, até a mim já me custa ver o que para ai anda.

Comments:
A Justiça é cega e julga que nós também somos
 
A Justiça não é cega. Simplesmente vê pelo olho do cú. E toda a gente sabe que do olho do cú, só sai merda...
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?