01 junho 2008

 

O país das bandeirinhas


Vou tentar escrever aquilo que penso muito depressa, pois não quero perder os próximos 10 minutos de televisão e ficar sem saber a que horas exactas é que o Cristiano Ronaldo foi cagar, ou se já perdi a mija das 20h00m do treinador da selecção.
São estes pequenos nadas que me ajudam a convencer que este país tem o que merece.

O país está podre e apenas faltam começar a nascer cogumelos a cada esquina. Mas para a analogia ficar completa, em vez de cogumelos temos bandeiras... Vá-lá, façam greve e não comam peixe fresco, nem abastecem de gasolina nos próximos 3 dias (depois de terem atestado o depósito no dia anterior), mas não se esqueçam de pendurar a bandeirinha, símbolo do orgulho nacional, em nome de uma dúzia de jogadores, mais uma centena de convidados, a quem o preço da gasolina jamais fará mossa.

Façam-me apenas um favor, pois já que gostam tanto de pendurar coisinhas, pendurem já um pai natal e poupam o esforço do Natal.

Comments:
Concordo 200%!

Gostei da parte do Ronaldo e de atestar o carro no dia anterior.
É justamente a minha opinião.
 
Também concordo contigo!!
Uma boa semana :)
 
Lembrei-me agora de uma coisa: não percebo se a publicidade da Galp em que uma carrada de malta empurra a carripana da selecção é uma mensagem subliminar relativamente aos preços dos combustíveis, se em relação ao interesse pelos pormenores do dia a dia da selecção enquanto esta faz... nada, se uma alusão aos boicotes de abastecimento, ou se pura e simplesmente uma piada de mau gosto. É ver a selecção como quem mama um uísque para afogar as mágoas... Portugal alé! Portugal alé! Portugal alé!
 
Ouvi alguém há uns dias atrás, quando questionado a comentar este fenómeno do apoio à selecção, primeiro, não comentar absolutamente nada, segundo, referir que gostava de ver os portugueses unidos em torno de situações nacionais bem mais importantes que a selecção. Gostei.

desportivamente falando, continuo a pensar que não passamos do apuramento e ainda temos umas grandes chances de vir de lá humilhados

socialmente falando, somos há muito, um povo invertebrado

globalmente falando, envergonha-me as figuras que os imigrantes fazem, e o que dizem

como dizia um amigo meu,

«ó pá, então quem é que pensas tu que emigra?»

pois, claro....
 
A parte do Ronaldo gostei, realmente não se fala de outra coisa. è Cristiano e Nereida, como se isso contribuise para a nossa felicidade.E depois a seleção não é só o Ronaldo, ou Cristiano, ou lá como se chama. Não concosrdo com a parte de virmos de lá humilhados, mas cada qual tem a sua opinião. Mas que relamente estão a dar um destaque exagerado á coisa estão...
 
eu só os quero a ver jogar à bola! tudo o resto irrita-me profundamente
 
e ao ler isto perdi a mijinha das 21h06 do cristi que maçada! somos tao tristes|
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?