09 janeiro 2008

 

Velocidade vertiginosa


Parece-me que andam com ideias de proibir os carros de ultrapassar os 30km/hora dentro das localidades.

Como já estou por tudo, acho muito bem.
Aliás, a maioria dos automobilistas raramente atingem essa velocidade à hora de ponta para entrar em Lisboa...

Eu já cometi a proeza de ultrapassar os 30km/hora num sinal em Lisboa, para ver se os que estavam atrás de mim tiravam proveito da luz verde. Mas agora, a menos de 30km/hora, se passar 1 carro cada vez que o sinal abre, já vai ser muito bom.

Acho que 30km/hora é aquilo a que certos caracóis chamam velocidade vertiginosa, e por conseguinte, o limite deveria ficar pelos 10km/hora. Ou melhor, vamos parar os carros e desatar a correr feitos engenheiros atrás de diploma.

Porque motivo é que o justo tem de pagar sempre pelo pecador?
Porque motivo sempre que alguém provoca um acidente por ir a mais de 140km/hora, decidem reduzir 10 ou 20km no limite de velocidade?

Por esta ordem de ideias e tendo em consideração o aumento de tráfego aéreo, vão começar a impor limite de velocidade aos aviões?
É que algo me diz que se eles andam muito devagar, caem!
Os carros por sua vez, não passam do chão, mas pode ser que graças à inércia, comecem a flutuar...

Comments:
Uma boa abordagem e óptima ilustração. Os políticos que temos não merecem ser tratados como gente séria e adulta, isto é, com os neurónios em boa quantidade e de boa qualidade.
Obrigado ela sua visita ao meu post sobre este tema. Realmente não podíamos deixar de o abordar tal é o escândalo das loucas ideias dos políticos.
Um abraço
 
Cá para mim os trinta km/hora são para ser contados incluídos os para-arranca.
Os gajos têm tudo sob controlo, para o caso de alguns deles vir a ser multado por excesso de velocidade no Porto ou em Lisboa.Alegam logo que o sr. guarda está a interpretar mal a lei. E safam-se. Olha para as leis que vão sendo alteradas de modo a que os "grandalhões" se safem em tribunal!
Abraço
 
A velocidade máxima, para quem legisla, até podia ser de 0 Km/h, que ia dar ao mesmo. Será que já ninguém se lembra que num lindo dia de 2007, em determinado sítio que não sei precisar, todos os que foram apanhados em excesso de velocidade (alguns uns míseros 10 ou 20 km para além do limite) foram multados, com excepção de um? Esse "um" era, por um mero acaso, o ministro da economia, o manelinho pinho. E também por acaso, ia a mais de 200 km/h. Se calhar até foi melhor assim, que se tivesse sido multado, duvido que pagasse do seu próprio bolso. Afinal o dinheiro do Orçamento de Estado serve para isso mesmo, não é?
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?