11 dezembro 2007

 

A grossura do fino

Se é bem verdade que muitas vezes o barato sai caro, também o fino pode ser mais grosso do que inicialmente prevíamos.

Mesmo antes que imaginem outras coisas, digo já que estou a referir-me às embalagens de fiambre, que supostamente trazem fatias finíssimas.

Não sei se o problema é apenas meu ou se tenho azar com o raio das embalagens que costumo comprar, mas o certo é que a treta das fatias são de tal forma finas que vêem todas coladas umas às outras. Resultado, acabo sempre por colocar mais fiambre nas sandes, que aquele que colocaria se me tivesse dado ao trabalho de o ter ido comprar à pastelaria do Toni.

Começo a pensar seriamente que esta é mais uma manobra de marketing para vender aparas ao preço do caviar.

Comments:
Está muitíssimo bem observado... Ah pois é! Também já me tinha feito a mesma pergunta e acrescento: o que pagamos a mais ainda deve ser o preço da embalagem maricas...

Beijinho!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?