12 junho 2007

 

As marchas multiculturais

As marchas de Lisboa este ano começaram com samba e com um grupo de folclore espanhol.
Pergunto eu, e porque não os dragões de Macau, cantos e danças quimbundo de Angola, Funaná de Cabo Verde, etc...

Depois da sardinha servida nos restaurantes chineses, já estou por tudo e não fiquei surpreendido este ano com o carnaval da avenida.

A tradição já não é o que era e por esse motivo, rendo-me e junto-me à parvoeira:

聖者Antónioは祭壇の
上記からの私に振った;
それはまた聖者のmarotoを、
それほしいと思うnamorar見る!

يتلقّى جدتي خلفيّة في منزل
[سينت] [أنتونيو] [فلهينهو];
في النساء شابّة لا يريد, يعطيني
أنا اصطدام في [سنتينهو].

Comments:
As marchas...e a divida da Camara de Lisboa. Que antagonismo!!!
 
não vi as marchas, mas em Árabe deve ser qualquer coisa!
 
Tb vi esse grupo de folclore espanhol e tb o samba... nao axei piada nenhuma!!!!!

Ate fiz zapping....

Ja agora obrigado pelos e mails que me envias.... parto me toda a rir.. ontem ate publiquei um no blog...lol

bjs
 
Estou farto de procurar em lojas de chineses uma imagem de Santo António com os olhos em bico e com um bigodinho à Mandarim, mas ainda não encontrei...
 
É ridículo o que se passou, sinais dos tempos, e de um completo desprendimento pela tradição... incrível!!
 
Qualquer dia temos as marchas dos dos kosovares, moldavos, dos russos e chineses. O povo português,(nós os turistas) vai vendo-os a desfilar. É a globalização parola, vergonhoso
 
LOL!!!
Negócios...hoje em dia tudo são negócios...é feriado e há festa.E isso é que é importante. Pq?? Já ninguém se lembra...
 
Uma vez, estava um marmanjo "a ver passar as marchas" no Rossio e, como era habitual, ia aproveitando para se roçar na "sopeira" que estava à sua frente. Às tantas a "sopeira" saca dum alfinete da mala e prega-lhe tamanha ferroada na "ferramenta" que o "mangas" até deu um grito. Vira-se a "sopeira" para trás e pergunta:
- então o senhor não sabe que antes de se meter o chouriço no cozido, temos de picá-lo primeiro para que não rebente?
Isto é que era tradição, caraças. Ir "ver passar as marchas" significava no calão dos bairros lisboetas ir dar umas roçadelas naqueles cus criados a sopas de cavalo-cançado e "importados" para a capital para servirem na casa de qualquer funcionário público, que nesse tempo era um SENHOR com letra grande. Algumas antes de virem pra Lisboa até já tinham servido noutros sítios. Umas serviram ao padre, outras serviram ao médico, outras ainda ao morgado… Eh! Eh! Eh!
 
De facto não me parece muito bem.
Sou uma cidadã do mundo e não levo o nacionalismo a extremos mas acho que há coisa que não devemos misturar.
Não fui ver as marchas porque para mim a “noite dos Santos” é mais a corrida às tasquinhas dos bairros Lisboetas, à sardinha no pão e à sangria.
Espero que ao menos isso perdure.

Bjs
 
TOU TÃO CHATEADA !



D. MARIA
 
JURA: "Depois da sardinha servida nos restaurantes chineses" ... aqui é mais S. joão.

Que estranho...

Há uns meses fui almoçar a um chinês e estavamos a dicutir qual seri o nome do empregado, estavamos para lá a inventar uns ruídos, uns sons estranhos, até que o Zè (pai), com a lata inerente há idade diz:

- Aposto que se chama António!

Claro que dissemos: - nem pensar.

Resumindo: Chamava-se Pedro e não fala uma palavra de mandarim!hehehe

ps - marco brilhante
 
A ISTO SE PODE APELIDAR DE:

GLOBALIZAÇÃO DAS TRADIÇOES!!!


Apesar de nao apreciar tradiçoes a verdade é que tudo perde o genuino!!!!!!A particularidade de cada pais e/ou região deveria ser sempre mantida.Sinceramente nao concordo nada com isto...mas que azer, né???

:(:(
 
Sardinhas num restaurante chinês? Ao que nós chegámos.....
 
Conseguem imaginar o sermão de Stº Antóinio ao peixinhos em mandarim??
Então é que a filosofia se tornava global!
e quanto ás sardinhas servidas nos restaurante chineses...bom! venham ao Porto de 23 para 24 que nós ensinamos como conviver sem ser canibalizado...

E quanto às Marchas! Que coisa más liiiinda! è pena que eu nunca veja!

Mas eu sou do Norte, carago!
 
bem, nessecaso, andam a transformar as marchas num carnaval. Continue-se assim, e talvez consigam acabar com tudo o que é tradição PORTUGUESA, e criar uma pessegada qualquer... já agora, porque não começam a matar cá os touros nas praças, e depois a seguir, um grande fórró brasileiro com picanha fresquinha... BAH!
 
Alto lá. Isso é intragável! agora se me falares numa baratitas fritas sobre uma pizza de atum. Ai, já não digo nada! :-)
 
lfm
فعلاً، أطباق مثيرة للشهية
مممممممممممم
:)
عذرا لكنني لا أفهم اللغة و يبدو انك تفهمين العربية
:)
 
QUE HORROR!!!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?