13 maio 2007

 

Se o fumo incomoda muita gente...

Já aqui comentei que a nova lei anti-fumadores é excessiva para um país como o nosso, onde invariavelmente, o justo paga sempre pelo pecador.
O que mais me arrelia não é a lei em si, mas a sua aplicabilidade.
Quem tem de fiscalizar é o vizinho ou o dono do estabelecimento onde está o cliente prevaricador.
Lá se está a aplicar uma vez mais a lei-da-selva e não a da ordem pública. Quem tem coragem de mandar apagar o cigarro a um grupo de vândalos?
Já estou a ver até a própria polícia, a chegar ao café, multar o proprietário e fazer vista grossa ao criminoso...

Ainda sobre este tema, fiquei fascinado com o comentário do Miguel Sousa Tavares na TVI, em que afirma que pior que o fumo do tabaco é o barulho das crianças nos restaurantes.
Pois a mim, o que realmente me irrita não é o fumo do tabaco nem o barulho das crianças! O que me irrita são certos fumadores e certos pais. E quando temos pais fumadores...

Quanto ao Miguel Sousa Tavares, ficámos a saber que:
- tinha uns pais que, além de não o levarem a determinados lugares, não impunham respeito aos filhos
- o Miguel quando era pequeno devia ser uma rica prenda.
- O Miguel teve sorte! Pois até aos 13 anos (altura em que foi pela 1ª vez a um restaurante) podia ter sido raptado já que os pais o deixavam em casa para não incomodar o jantar.

Comments:
o MST estava a delirar concerteza... :P
 
o que os pais devem fazer é ensinar as criancinhas a estarem nos restaurantes (ou noutros locais públicos) e a saberem quando se devem retirar se necessário.
 
Tal y qual.
O alentejano regressa a casa e encontra a mulher com um gajo na cama.
Olha bem para os dois e diz para a mulher:
-Modernices... qualquer dia ainda te vejo a fumar
 
Olá LFM,também já postei sobre este assunto e concordo contigo sobre a aplicabilidade desta lei! Não concordo que se fume em recintos fechados pois ninguém tem de levar com o fumo de outrõ! Quanto às coimas que serão impostas... acho demasiado exageradas qd há crimes piores, qunto às denuncias faz-me lembrar a PIDE!!

O Miguel Sousa Tavares, como fumador compulsivo q é,teve uns comentários muitos tristes!! nomeadamente esse do barulho nos restauarantes!não se pode comparar barulho de crianças com fumo??!! mas o que é isto?
 
olha eu sou mesmo má educada mas o crianço vai comigo para todo o lado
 
Ei! essa do realmente me irrita tem muito de "moi"... Hehehe

Discordo completamente do que MST disse e até o expressei em http://cromosvulgares.blogspot.com
 
Gosto da maioria dos comentários do Miguel. Gosto de ler os seus livros.
Mas nem sempre posso concordar com os seus comentários.
A mim incomodam-me as 2 coisas nos restaurantes, principalmente as crianças que guincham em vez de chorar.
Os meus filhos sempre me acompanharam, desde que nasceram, para todo o lado.
Sempre foram a restaurantes. Em bébés dava-lhes o comer e só depois ia.Só uma vez me lembro de um deles resolver chorar e eu ter de sair com sua excelência ao colo e levá-lo a apanhar ar até ele se calar.Voltou passado pouco tempo, feliz da vida e de chucha na boca.
Mas o fumo do tabaco é-me muito doloroso. Tapa-se-me a respiração. Pareço que fico com falta de ar.
A melhor solução poderia ser no mesmo restaurante haver 2 compartimentos totalmente separados. Lá ao fundo ficariam os fumadores. Na da entrada quem não fumasse. Por outro lado, se existisse a obrigatoriedade de haver um sistema de aspiração total de fumo , até mesmo para os fumadores compulsivos, não lhes fazia tanto mal à saúde.

Não sei se acredite que o Miguel nunca foi a um restaurante até aos 13 anos.

Mas os pais também tinham a quem o deixar em casa. Porque havia por lá empregados que os aturavam.
O QUE, INFELIZMENTE, não acontece a muita gente. Porque, das duas uma: ou os leva ou não vai a lado nenhum
Já disse de minha justiça.
Boa semana
 
PS QUEM deixou o comentário anterior foi

Turbolenta
Dietas-e-companhia.blogspot.com

que agradece a sua visita
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?