10 abril 2007

 

Profissão código 3474


Em Portugal há doutores e engenheiros a mais. Pelo menos, daqueles que gostam de escrever por extenso o 'títalu'.

Segundo fontes (que não posso divulgar, mas próximas da misi@), José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa esteve até 1991 registado com o código profissional 3474.

O problema surgiu quando passou a desempenhar funções de porta-voz. Segundo muitos, teria de arranjar forçosamente um 'títalu'.

Actualmente, insiste em praticar a nobre arte do profissional com o código 3474, em vez de fazer algo de útil e de acordo com o 'títalu' com que ostentosamente se caracteriza.

Gostaria aqui de manifestar o meu total apoio às vítimas:
- Muitos profissionais e estudantes da Universidade Independente, que vêem a sua conduta curricular manchada pelos vigaristas deste país;
- Aos verdadeiros profissionais com o código 3474 e cuja profissão honram mais num dia, que estes vigaristas em toda a sua vida.

Comments:
Vim deixar um grande OLÁ!

Em relacção a "titalus" a unica coisa que tenho para te dizer é : enfim...

Bjs

Susana P.
 
Em Portugal, o pessoal usa e abusa disso. Adoram os apêndices antes do nome. E à falta de certezas sobre o título do interlocutor, nas relações profissionais, aplicam e abusam dos "DRs." ou um "ENGros." antes do nome.

BlogAbraços,
LoiS
 
Esta conversa já chateia!...no meio disto tudo quem se lixa são os estudantes da independente que bem pode perder mais um ano (a gastar $) até terem o "títalu"
 
também falei sobre o Socrates no meu blog.
É vergonhoso!
Em relação Á UNI...tens razaõ. É de lamentar o que estão a fazer aos alunos. E já há faculdades concorrentes a ofrecer descontos...
Enfim, Portugal no seu melhor!
 
Já vi um PM ser afastado das suas funções por muito menos...
;)
 
Obrigaste-me a pesquisar o que era o código 3474.
Mas valeu o esforço, está bem visto, sim senhor.
 
...Eu andei à procura e não encontrei!!!
Fico-me pelas suspeitas. :)
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?