10 junho 2006

 

Há datas e datas

As datas vulgarmente utilizadas para comemorações estão relacionadas com nascimentos e vitórias. São essas de que eu gosto, são essas que transmitem energia, felicidade e alegria.

Pelo contrário, os santos são recordados pela data da sua morte. Temos agora muito perto o Santo António.

Até se compreende porquê, pois até morrer, um candidato a santo podia fazer merda e lá se ia o título.

Que eu saiba, Camões teve pouco de santo e apenas se sabe que morreu a 10 de Junho de 1580. Não se sabe o dia em que nasceu.

O dia de Portugal comemora-se no dia da morte do seu principal poeta.

Que rico agoiro para um país.


P.S. Daqui da minha janela vê-se a ponte Vasco da Gama. É normal, nos feriados estar iluminada. Já esteve, mas apagou-se. E vão dois (agoiros).


Comments:
Da minha janela tb vejo a ponte Vasco da Gama, c mt pena a vejo apagada, é o apertar o cinto na iluminação....
 
Estica-te lá um bocadito e espreita o Cristo-Rei...
Ainda está de pé com os braços abertos, ou sentou-se?
Se estiver sentado, estamos feitos!...

;-)
 
Só foi pena este feriado calhar no sabado...

http://maistopas.blogspot.com/
 
" O dia de Portugal comemora-se no dia da morte do seu pincipal poeta". Não. Comemora-se no dia em que Portugal recebeu por herança "Os Lusíadas". O poema que celebra Portugal. O poema que estabilizou e enriqueceu a nossa língua.

Onde está o agoiro?
Prefiro poetas a guerreiros.
 
Cara Nanda,
quem falou em guerreiros?!?

Trata-se do dia de Camões e não dos Lusíadas. Também eu o considero o maior poeta português.

Mas não há rodeios para o que remediado está. Caso contrário vejamos com que efemérides outros países comemoram os seus dias.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?