29 maio 2006

 

Somos todos professores

Acho que ainda não sei o necessário para poder emitir uma opinião definitiva sobre a proposta de alteração do Estatuto da Carreira Docente, nomeadamente no que respeita aos pais dos alunos poderem avaliar a prestação dos professores. Mas, como em muitas outras coisas, o que até agora me chegou aos ouvidos, apenas me fez questionar o passado, o presente e o futuro do ensino em Portugal.

Não conheço o sistema de educação português, mas fico seriamente preocupado com o facto de o Ministério achar interessante esta proposta e começo logo a questionar:

Como e por quem eram escolhidos os professores até aqui?

Será que até aqui os professores não eram avaliados?

Se sim, quem os avalia é menos competente para o fazer, que a média dos pais deste país?

Que critérios e métricas vãos os pais usar nessa avaliação?

Considero-me uma pessoa com discernimento suficiente para não me sentir confiante nem à altura para avaliar a professora da minha filha. Quantos mais vão pensar como eu?

Por favor..., até era capaz de achar piada à medida, quando estudava de noite e pagáva para o fazer. A propósito, era eu que iria avaliar, correcto? Fixe!


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?