16 maio 2006

 

Campo Pequeno

Hoje a emblemática Praça do Campo Pequeno, volta a abrir as portas ao público.

Há espectáculo e está a cargo (como não poderia deixar de ser) do encenador estatal, Filipe La Féria. Para quem não foi convidado, poderá assistir ao evento pela televisão.

Este edifício sempre foi, e é actualmente, um dos que mais aprecio em Lisboa.

Não gostava de o ver no estado de degradação em que se encontrava, no entanto, algo em mim apreciava essa situação. Era de facto uma grande sensação de contradição, não querer que um edifício desaparecesse, mas apreciar a imagem de degradação daquilo que ele representa.

Não gosto de touradas! Estou por isso satisfeito com a evolução da Praça, pois deixa de ser um espaço exclusivamente ligado à tauromaquia (como o era, quase em exclusividade, até aqui), para passar a ser uma sala de espectáculos.

Claro que ainda se irão lá realizar touradas, mas temos de dar tempo ao tempo, pois alguns anos ainda terão de passar, para que parte desta sociedade prescinda dessa barbárie.

Mas tal como já acontece hoje ao visitar o Coliseu em Roma, irá chegar o dia, em que ao visitar a Praça do Campo Pequeno, poderemos contar histórias do passado, sem nos sentirmos manchados pelo presente.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?