25 abril 2006

 

25 de Abril sempre (senão o mês ficava coxo)


Para uns foi mais significativo do que para outros, mas também já o foi mais do que agora.

Diz-se que só se dá valor às coisas quando não as temos e eu nunca tive ausência de liberdade.

Tenho sim ausência de muitas outras coisas e não acredito que viessem a ser asseguradas com mais uma revolução.

A liberdade é importante mas por si só não garante o progresso, que o diga o nosso, onde todos têm liberdade para fazer o que querem e ninguém faz o que deve.

Hoje, para dignificar o evento, nada melhor que o Mário Soares a dormir no parlamento (desta vez não o censuro, até porque já estou habituado) e a forma esganiçada como o hino foi cantado no final.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?