13 janeiro 2006

 

Presidenciais II

Estive cá a pensar...
Alguém deve ter entendido mal e fez depois uma lei (Actual Decreto-Lei 319-A/76, 3 Maio), que não defende aquilo que inicialmente foi pensado.

O Presidente é de todos os portugueses, mas como nós bem sabemos é impossível agradar a gregos e troianos em simultâneo.
Assim sendo, por mais bonito que seja dizê-lo, o certo é que nem todos os portugueses se vêem bem representados pelo presidente eleito (quanto mais não seja, porque não votaram nele).

Mais grave se torna (e mais cínico) quando votam em alguém de quem não gostam!

O sistema de 'ballotage' ou de 2 voltas (aplica-se caso numa primeira volta, nenhum candidato conseguir mais de metade dos votos válidos)
Não é justo e pode criar (já criou) situações em que mais de metade dos portugueses, numa 2ª volta, não gostam do presidente que elegem!

É matemático: O todo é igual à soma das partes.
Não conseguem ver? que tal um exemplo:
4 candidatos com os seguintes resultados à 1ª volta:
A = 46%
B = 25%
C = 21%
D = 8%

Numa 2ª volta temos as seguintes conclusões:
- Apenas 4% dos votos decidem o futuro dos restantes.
- o resultado depende dos que são obrigados a mudar
- se o candidato B ganhar, na realidade apenas 25% gostavam dele

A democracia é assim mesmo e o queijo (limiano) que o recorde!

É por estas e por outras que Portugal não avança.
Estamos presos a uma mentalidade mesquinha, em que quem ganha não vence pelo seu valor.
Estou farto de ouvir dizer: "Vou votar no fulano só para que o sicrano não ganhe"
Este pensamento é tão pegajoso que já me sinto arrastado a pensar o mesmo... dentro de dias todos vão votar para alguém não ganhar!

Devia haver apenas uma eleição, uma volta e que ganhasse o melhor. Aí sim, sabiamos com o que contar. Haveria de facto um compromisso assumido por cada um de nós.

Já agora, as percentagens que utilizei foram as das eleições presidenciais de 1986.
Na segunda volta, ganhou o candidato B com 50,7%
Se calhar começou aí o fim do bom senso português, da democracia e da política...
Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?