17 janeiro 2006

 

Canais codificados


Ontem algo de dramático aconteceu...

A minha filha tem televisão no quarto e tem por hábito brincar na companhia do ‘som’ do Canal Panda.
Digo do som, porque invariavelmente não olha para o écran, o que me faz lembrar o meus gloriosos anos em que também estudava com a televisão acesa (só para me fazer companhia).

Mas voltemos ao acontecimento trágico...

A minha filha até estava entretida na sala a ver ‘wrestling’ na SIC Radical, quando a minha mulher se lembrou de fazer ‘zapping’ e parar no Canal Odisseia, para ver os ‘bichinhos’.
Foi aí que pediu à filha que fosse para o quarto ver os ‘bichinhos’ na televisão dela, em vez do ‘wrestling’.

Passados uns momentos, a minha filha desata a chorar devido ao trauma psicológico de ver uma águia a matar um ‘coelhinho branquinho fofinho e ternurento’.

Pois é, canais que transmitem cenas tão violentas e que podem causar traumas às crianças, deviam ser todos codificados. Se todos dessem wrestling, o mundo seria mais tranquilo para as criancinhas.

Abaixo a chacina dos coelhinos brancos ! ! !
Vivam os canais codificados ! ! !

Comments:
Hummmmm... já lá vai o tempo em que eu tinha acesso a um bom número de canais codificados (actualmente, para dizer a verdade, só mesmo aqueles com uma perna de pau, e em casa alheia), mas que eu me lembre, o principal conteúdo dos mesmos não era bem wrestling...
Se bem que concordo consigo, que esse tipo de conteúdo, de certeza, não seria tão traumatizante para as criancinhas
 
o que eu estava procurando, obrigado
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?